Confie em Mim - Harlan Coben

janeiro 25, 2010 1 Comentário



Esse foi um dos livros que ganhei na promoção da Sextante. Eu nunca tinha ouvido falar desse cara até eu receber esse livro.
Não botei muita fé, mesmo estando escrito na capa "mais de 40 milhões de livros vendidos em todo o mundo."
Mas comecei a ler, é claro. Não resisto a qualquer livro que seja. :)
Então, esse é meu quarto livro que leio esse ano. E achei muito, muito show. Coben escreve de um jeito que nos prende, e seus diálogos são naturais, nada forçado.

Sinopse:

Preocupados com o comportamento cada vez mais distante de seu filho Adam - principalmente depois do suicídio de seu melhor amigo, Spencer Hill -, o Dr. Mike Baye e sua esposa, Tia, decidem instalar um programa de monitoração no computador do garoto. Os primeiros relatórios não revelam nada importante. Porém, quando eles já começavam a se sentir mais tranquilos, uma estranha mensagem muda completamente o rumo dos acontecimentos - 'Fica de bico calado que a gente se safa'. Perto dali, a mãe de Spencer, Betsy, encontra uma foto que levanta suspeitas sobre as circunstâncias da morte de seu filho. Ao contrário do que todos pensavam, ele não estava sozinho naquela noite fatídica. Teria sido mesmo suicídio? Para tornar o caso ainda mais estranho, Adam combina ir a um jogo com o pai, mas desaparece misteriosamente. Acreditando que o garoto está correndo grande perigo, Mike não medirá esforços para encontrá-lo. Quando duas mulheres são assassinadas, uma série de acontecimentos faz com que a vida de todas essas pessoas se cruzem de forma trágica, violenta e inesperada.


Garanto que o livro é ótimo e irá te prender da primeira até a última página. Minha nota é 5/5.

To meio sem tempo então... Sem mais comentários, apenas: Recomendo!

Beijinhos.

Julie Andrews

janeiro 22, 2010 3 comentários

Olá, voltei da praia.

Bem, Julie Andrews é uma das minhas atrizes favoritas e ela não é muito conhecida porque ela tem 74 aninhos.
Na verdade sua época de ouro foi nos anos 60. Quem aqui nunca ouviu falar no musical A Noviça Rebelde? Se ninguém ouviu falar deve ter visto aquele filme do Didi O Noviço Rebelde,  é lógico que ele não fez o filme como era pra ser, mas segue a linha de raciocínio.


Seu nome completo é Julia Elizabeth Wells e nasceu em 1935, na Inglaterra.


Estreou nos palcos da Broadway em 1954. Depois disso continuou no teatro (em My Fair Lady e Camelot) e em participações na televisão até 1964. (My Fair Lady começa em 0:50 )


Depois foi convidada por Walt Disney para interpretar o papel principal no filme Mary Poppins, com o qual levou um Oscar de melhor atriz, vencendo Audrey Hepburn, que concorria pela sua atuação na versão cinematográfica de Minha bela dama, no papel criado por Julie Andrews nos palcos.

Sinopse: Londres, 1910. Mr. Banks é um banqueiro frio que tenta tratar os filhos sapecas, Jane e Michael, com muita rigidez, mas não consegue contratar uma babá suficientemente boa para isso, pois elas desistem facilmente. Numa noite, enquanto faz com sua esposa manifestante um anúncio de jornal procurando uma babá, sua filha Jane aparece com uma carta que fizera, mostrando como seria uma babá perfeita. Esta carta acaba chegando nas mãos de Mary Poppins, que é tudo aquilo que está descrito. Porém, Mary Poppins possui poderes mágicos, e com seu amigo faz-tudo Bert, transforma a vida daquela família, com muita música, magia e diversão


Outro filme importante foi o que eu mencionei lá em cima: A Noviça Rebelde. Um musical de 1965 da Fox, em que faz o papel de uma noviça sem vocação para o sacerdócio que vai cuidar dos filhos e filhas indisciplinados do capitão Von Trapp (Christopher Plummer) e, adotada pelas crianças, apaixona-se pelo patrão e é correspondida. O filme é baseado na história verídica da família Von Trapp de cantores.

parte do filme.






Mas é claro que vocês que de certo nunca viram esse filme pois não eram nascidos ainda (só se seus pais gravaram pra vocês um dia que passou de madrugada na TV e você acabou sabendo desses filmes, como aconteceu comigo :D ) devem reconhecê-la de pelo menos um desses lugares:







No Muppets Show que acho que muitos deviam adorar. :D

participação de Julie com Muppets.
















No filme O Diário da Princesa 1 e 2.


trailer do segundo filme




















E fez a voz da mãe da Fiona no Shrek 2 e 3. Essa poucos sabiam :P














E agora acabou de sair no cinema fresquinho o filme O fada do dente. E ela faz a rainha das fadas dos dentes.

Trailer Adorei esse trailer :P


Bem, gosto de apresentar a Julie para novas pessoas. Porque ela tem talento, foi e é linda. E poucos a conhecem. É isso, beijos.

Praia

janeiro 18, 2010 Nenhum comentário
é, eu vou pra praia de novo e só volto sexta. Sem nada pra postar hoje de novo. não terminei de ler meu livro ainda, então fico sem imaginação :/
Vou pra praia da Pinheira, em SC. Muitos conhecem :D

Bem, lembram que eu falei da Julia Quinn no post passado? Bem, consegui falar com ela no facebook. Ela é tão querida. Eu nem acreditei quando ela me respondeu. :D

Ah é isso, boa semana. E até sexta :*

Um Perfeito Cavalheiro - Julia Quinn

janeiro 15, 2010 2 comentários


Te Dou Meu Coração (Atualização 16/05/2014: esse era o nome quando li traduzido por fãs há alguns anos)  Um Perfeito Cavalheiro é o terceiro de uma série de oito ( Família Bridgerton), que infelizmente não foi publicado no Brasil. (Atualização 21/02/2014: A série agora é produzida aqui no Brasil pela Editora Arqueiro, beleza né?)
Na verdade não sei se seria mesmo esse título se fosse passado pro português, maas foi assim que eu achei num grupo do yahoo que participo. Quando eu quero livros novos de romances vou lá baixar. Lá tem só romances traduzidos, esses que não chegam aqui.

A autora Julia Quinn é inglesa e tem um site.

Comecei lendo o livro O Duque e Eu e adorei. Tipo, é muito melhor que os livros que compramos em bancas. É bem mais fofo, e você não acha que o fim ficou meio ruim ou sem graça. É perfeitinho, sabe.

E essa história é parecida com a história da Cinderela, o começo apenas. Dá a mesma idéia mas é muito melhor que a história da Cinderela mesmo e pfvr, bem menos água com açúcar. haha

Sinopse: Como uma nova Cinderela, Sophie consegue escapar de sua malvada madrasta para ir ao baile de máscaras. Conhece Benedict e ambos se apaixonam. Mas à meia-noite foge sem deixar rastros para Benedict, que passa a procurá-la. Algum tempo depois voltam a se encontrar e ele se apaixona novamente por ela sem reconhecê-la pois agora não passa de uma simples empregada. E muitas peripécias acontecem antes que possam unir-se e desvelarem seus segredos.


Minha nota: 5/5

Esse é um dos meus livros favoritos, acho que os livros que contam a história dos irmãos e não das irmãs são os que mais curti ler.

Julia Quinn consegue pegar um conto de fada, dar umas mudadinhas, uma pitadinha de ~calor~ uy e fazer algo quase totalmente novo. Sim, mesmo usando uma história super conhecida como base.

Benedict e Sophie são uns amores no livro e acho que foi um dos casais com mais química também, Quinn sabe como escrever uma cena erótica, gente. LOL

É um livro ótimo e arrebatador, aconselho a todos que querem um romance histórico. :3


Se quiserem a série completa dos Bridgerton, por favor mandem um e-mail para marii.patricio@hotmail.com que eu mando pra vocês. :)


Beijoos.

CIDADE DAS SOMBRAS

janeiro 11, 2010 Nenhum comentário

City of Ember em inglês. Eu vi esse filme no sábado. Eu tinha visto o trailer ano passado, achei super show e esperei sair nos cinemas. Só que não saiu, pelo menos não aqui em SC. O caso é que saiu nas locadoras e nem vi poster nenhum, daí eu nem sabia que tinha. Um dia eu vi na prateleira da locadora mas não aluguei, e falei pra minha amiga (a que tinha me mostrado o trailer) que tava pra locação. Aí ela disse "já vi e não achei legal".
Como nossos gostos são parecidos, decidi não gastar dinheiro com esse filme :P
Maaas, meu pai alugou esse final de semana e eu vi. Adorei! Simplesmente não sei o que minha amiga viu ali que não gostou. Achei bem show. E é por isso que to postando aqui. Enfim, quero recomendar.


Direção:Gil Kenan
Roteiro:Caroline Thompson
Elenco: Marianne Jean-Baptiste, Saoirse Ronan, Martin Landau, Bill Murray, Tim Robbins, Toby Jones

Sinopse:introdução não oferece muitos detalhes, mas um desastre está para atingir a Terra e a única forma de proteger os seres humanos é confinando-os em uma verdadeira metrópole criada no subterrâneo. Duzentos anos depois, os descendentes deles poderiam sair e voltar para o lado de fora. Para que pudessem saber essa hora exata, foram colocadas instruções detalhadas dentro de uma caixa, que conta com um contador que vai de duzentos até zero. Ela passa de mão em mão, mas acaba indo parar no fundo de um armário. Os duzentos anos já se passaram, mas ninguém faz idéia de que há um mundo do lado de fora do subterrâneo de Ember. A história passa a se desenrolar por Lina (Saoirse Ronan) e Doon (Harry Treadaway), dois jovens que acumulam preocupação com o gerador de energia que passa a falhar (afinal, já se passou o tempo programado para ele funcionar), a comida que começa a faltar (idem) e a conduta suspeita do prefeito Cole (Bill Murray). Por esta descrição, fica claro que “Cidade das Sombras” apresenta um cenário rico em ambientação e personagens, ao invés de pular logo para o seu recurso-chave, no caso, a caixa. (retirado de http://cinecartografo.wordpress.com)

Apesar de algumas pessoas acharem o filme um lixo por ser claro, um filme mais infanto-juvenil, digo que é bom para todas as idades. Tendo como exemplo a minha mãe que disse que quase não conseguiu dormir pensando o que fosse do nosso mundo se tivesse um único gerador pra abastecer a cidade e de repente ele falhasse. É ia ser um caos.
Mas garanto que é muito show.

Bem, vou ficar fora essa semana então, até final de semana. beijos.

Como Seduzir um Duque - Kathryn Caskie

janeiro 08, 2010 1 Comentário

Bem, eu tava pra ler esse livro há quase um ano. Quase cheguei a comprar a série pela internet ( é, uma série de três livros, e esse é o primeiro), mas antes de ontem eu tava contando o meu din-din da caixinha dos livros (tenho uma caixa que toda a moedinha que eu ganho e guardo ali para depois poder comprar ou só ajudar a comprar um livro novo) e tinha uns 10 reais.

Aí como eu tava com muita, muita vontade de comprar outro romance de banca, e sem falar que é do Desafio Literário desse mês ( ler um tipo de livro todo mês, a lista foi ideia desse site www.romancegracinha.com). Então eu fui na banca com meu namorado e tava vendo as capas mais legais e tal, daí ele me mostrou esse e falou "nossa que capa hen", daí eu falei "EU TO PROCURANDO ESSE LIVRO HÁ UM TEMPÃÃO", e peguei da mão dele e saí pulando feliz da vida pro carinha da banca pra pagar ele. :)

Só 8,90, isso é muito bom porque acho que meu estilo literário preferido é romance e se continuar na margem dos 10 reais.. há! minha estante vai ficar mega cheia.

Fui pra casa, nem li o livro pra dar atenção ao meu boyfriend. A noite nem li porque tava super cansada, então comecei a ler ontem a tarde e adivinhaa... Terminei a noite. Tá que o livro tinha 220 pág. nessas folhas pequenas de livro de banca. Mas só sei que devorei cada páginha desse livro como se fossem me tirar ele da mão a qualquer momento. haha
E o que me fez gostar mesmo desse livro, é que não é apenas uma história de um amor, mas também a de trigêmeas que querem descobrir sobre a verdade de seus nascimentos.
Bem, é mais fácil eu colocar a sinopse aqui :)

Sinopse: Por que será que o duque de Blackstone está tentando arruinar os planos de Mary de se casar com o irmão dele, o atraente visconde Wetherly? Basta ela virar uma esquina que lá está ele, a provocá-la... E quanto mais Mary tenta ignorá-lo, mais insistente ele se torna. Mary sabe que precisa fazer um bom casamento, mas Blackstone está longe de ser o noivo ideal! Ou não? Blackstone está determinado a impedir que seu irmão se deixe levar pelo charme de uma pretendente astuta, mesmo que se trate de uma dama tão encantadora quanto Mary Royle. Mas até Mary aparecer, mulher nenhuma havia resistido ao seu poder de sedução... Será possível que ele esteja se apaixonando por aquela jovem enervantemente bela e encantadora?

Bem, minha nota para esse livro é 5/5
Espero poder ler os outros.. é isso, beijinhos.

O Simbolo Perdido

janeiro 05, 2010 2 comentários
Bem, eu ganhei esse livro (para quem não sabe), numa promoção da Sextante (valeu Sextante!). Apesar da foto estar com a capa em inglês, o livro que recebi é em português (caso alguem fique em duvida).
E eu terminei de ler ontem! :D
Achei muito, muito show. Maaaaaaas eu prefiro Anjos & Demônios. Tipo, não achei o melhor dele sabe... e o final eles falaram um monte de coisa da bíblia com não sei o que, que puta merda nada a ver. Mas Dan é Dan não é? E ele adooooora escrever livros polêmicos, e eu amo lê-los. *-*

Sinopse pra vocês:

Depois de ter sobrevivido a uma explosão no Vaticano e a uma caçada humana em Paris, Robert Langdon está de volta com seus conhecimentos de simbologia e sua habilidade para solucionar problemas. Em 'O Símbolo Perdido', o professor de Harvard é convidado às pressas por seu amigo e mentor Peter Solomon - eminente maçom e filantropo - a dar uma palestra no Capitólio dos Estados Unidos. Ao chegar lá, descobre que caiu numa armadilha. Não há palestra nenhuma, Solomon está desaparecido e, ao que tudo indica, correndo grande perigo. Mal'akh, o sequestrador, acredita que os fundadores de Washington, a maioria deles mestres maçons, esconderam na cidade um tesouro capaz de dar poderes sobre-humanos a quem o encontrasse. E está convencido de que Langdon é a única pessoa que pode localizá-lo. Vendo que essa é sua única chance de salvar Solomon, o simbologista se lança numa corrida alucinada pelos principais pontos da capital americana - o Capitólio, a Biblioteca do Congresso, a Catedral Nacional e o Centro de Apoio dos Museus Smithsonian. Neste labirinto de verdades ocultas, códigos maçônicos e símbolos escondidos, Langdon conta com a ajuda de Katherine, irmã de Peter e renomada cientista que investiga o poder que a mente humana tem de influenciar o mundo físico. O tempo está contra eles. E muitas outras pessoas parecem envolvidas nesta trama que ameaça a segurança nacional, entre elas Inoue Sato, autoridade máxima do Escritório de Segurança da CIA, e Warren Bellamy, responsável pela administração do Capitólio. Como Langdon já aprendeu em suas outras aventuras, quando se trata de segredos e poder, nunca se pode dizer ao certo de que lado cada um está. Nas mãos de Dan Brown, Washington se revela tão fascinante quanto o Vaticano ou Paris. Em 'O Símbolo Perdido', ele desperta o interesse dos leitores por temas tão variados como ciência noética, teoria das supercordas e grandes obras de arte, os desafiando a abrir a mente para novos conhecimentos.


Beijoos.

Os melhores livros que li em 2009

janeiro 01, 2010 Nenhum comentário
Como primeiro post, decidi fazer uma retrospectiva nos livros que mais gostei de ler esse ano. Porque ultimamente só ando falando de filmes :P
Bem, aqui vai a lista e uma pequena sinopse de cada um(não está em ordem de preferência):

Os homens que não amavam as mulheres - Stieg Larsson

Primeiro volume de trilogia cult de mistério que se tornou fenômeno mundial de vendas, Os homens que não amavam as mulheres traz uma dupla irresistível de protagonistas-detetives: o jornalista Mikael Blomkvist e a genial e perturbada hacker Lisbeth Salander. Juntos eles desvelam uma trama verdadeiramente escabrosa envolvendo a elite sueca.

Princesa para Sempre - Meg Cabot

Com o futuro de Genovia e o seu próprio balançando de maneira incerta, Mia tem algumas decisões a tomar: Qual faculdade? Qual rapaz? Como escolher? Especialmente quando sua decisão pode não determinar apenas os próximos quatro anos, mas… para sempre!

A Menina que Roubava Livros - Markus Zusak

A trajetória de Liesel Meminger é contada por uma narradora mórbida, surpreendentemente simpática. Ao perceber que a pequena ladra de livros lhe escapa, a Morte afeiçoa-se à menina e rastreia suas pegadas de 1939 a 1943.

O Duque e Eu - Julia Quinn

Todos pareciam divertir-se naquele baile que reunia o mais seleto da sociedade londrina. Todos, exceto eles dois.
Daphne, uma formosa jovem perturbada por uma mãe obcecada para lhe encontrar um marido quanto antes, e Simon Basset, o novo duque do Hastings, que não quer saber nada da vida social de Londres nem dos esforços das elegantes damas de "caçá-lo" com uma de suas filhas.
Ao conhecerem-se, ocorreu-lhes o plano perfeito: um compromisso fictício que mantenha afastadas às pretendentes do duque e tranqüila à mãe do Daphne. Mas não seria simples, já que o irmão do Daphne, amigo do Simon, não é fácil de enganar, nem tampouco o são as experientes damas da alta sociedade. Embora o que complicará de verdade as coisas será a aparição de um elemento que não estava previsto neste jogo de dois lados: o amor.



É isso aí, esses foram os livros que não me fizeram dormir até eu terminar de lê-los! Recomendo todos eles.
Quem sabe depois não volto com mais retrospectivas, mas por hora fica essa.
beijos!
 
Desenvolvido por Michelly Melo.