Resultado: Promoção 4 Anos de Papers Blood

dezembro 26, 2013 Nenhum comentário



Obrigada a todos os lindos e lindas que participaram da Promoção, mas chegou ao fim com 3 ganhadores, como prometido!

a Rafflecopter giveaway

Entrarei em contato com cada um e se não responderem em 2 dias (48 horas), farei um novo sorteio!

Mais uma vez, obrigada pela participação de todos!


Beijos!

DIY de Natal: Decoração, Cartões e Tags!

dezembro 09, 2013 1 Comentário
Olá pessoal, primeiramente, não esqueçam de participar da Promoção de 4 anos do Papers Blood, uhu!



Enfim, vocês sabem o que é DIY? Eu já expliquei sobre isso aqui no blog, se não sabe o que é ou quer ver as dicas que eu já dei, podem abrir esse post. :)

Agora que você já sabe o que é DIY, vamos ao que interessa. O Natal está chegando e às vezes enjoamos de dar aqueles mesmos presentes toooodo ano pra quem é importante pra nós. O DIY é uma opção muito legal se você quer inovar no presente, mas não to falando dele em sim, mas no embrulho e deixar com um toque mais pessoal.
O DIY é outra ótima opção pra quem quer decorar a casa, mas não tá afim de comprar aqueles enfeites feiosos que se vendem nas lojas, ou caros demais. LOL

Então vamos ao DIY especial de Natal!

Que tal decorar sua árvore de Natal com algo mais literário?




Não é fã de Harry Potter? Também tem decoração mais cute pra sua árvore. :)




E você que é nerd e participa de milhares de fandoms (tipo eu haha), tem decoração pra você também. :)




Passando pra parte de presentes, que tal fazer algo bem fofinho na hora de embrulhar seu presente? Tenho várias sugestões pra você:












Espero que tenham gostado pessoal, eu mesma já estou aproveitando algumas ideias! Caso vocês façam também ou tenham alguma nova ideia, me mostrem nos comentários, adorarei ver! <3 p="">





Beijos, Mari.


Inferno - Dan Brown

dezembro 03, 2013 Nenhum comentário
Primeiramente, não esqueça de participar da Promoção de 4 anos do Papers Blood! :)




“Os lugares mais frios do Inferno são reservados àqueles que se mantiveram neutros em tempos de crise mortal.”


Inferno – Dante Alig….OPS! Dan Brown (ai, gente, desculpa, confundi. Cof cof)

Pra começar, essa é uma resenha sim do livro Inferno de Dan Brown e não de uma das 3 partes da Divina Comédia, escrita por Dante Alighieri. Mas, como não podia ser diferente em qualquer livro do Dan Brown, incluir fatos reais e conhecidos da história da humanidade já se tornou marca registrada do moço. Então sim, vemos muito do Inferno da Divina Comédia.
Eu sou suspeita pra falar dos livros do Dan, já que sou fã, li todos e quase morri pra ler esse quando saiu. Eu estava meio apreensiva, pra falar a verdade, já que O Símbolo Perdido (livro anterior ao Inferno) não foi lá um campeão de vendas e achei bem fraquinho. Mas, qual foi meu alívio ao notar que Inferno nem se comparava ao livro anterior, Dan havia voltado a escrever como escrevia em O Código da Vinci e Anjos e Demônios, vivaaaaa.
Sem mais enrolação de fangirl de Dan Brown, vamos partir do ponto do enredo (como não curto dar spoiler, eu vou dizer basicamente o que achei do enredo e não ficar citando personagens e a história em si, ok?).
Finalmente saímos daquele clichê de que Robert Langdon já entra em cena resolvendo tudo, super badass e nós nos sentimos simples mortais que não conseguem nem lembrar o que comeram ontem. Dessa vez começamos com um Robert desorientado, sem saber onde está, com uma bela perda de memória e um ferimento na parte de trás da cabeça. Isso pra mim, já foi uma mudança e tanto, aprovei. Dessa vez nós acompanhamos a história de Langdon como se fossemos ele, na verdade, já que ele não tá entendendo nada e vai descobrindo aos poucos, assim como nós, adorei isso, não sou tão burra, wee n pera.

 

O tema central desse livro é a superpopulação, que afeta o nosso planeta e fica cada vez mais alarmante com o passar dos anos. Dan Brown tem um dom de fazer a galera ficar alarmada e especulando sobre qualquer que seja o tema de seus livros. E não é diferente com Inferno, você chega na metade do livro dizendo: PÁRA O MUNDO, EU QUERO DESCER! Afinal, o que Langdon realmente tem que fazer – com a ajuda de uma mulher É SEMPRE UMA MULHER, AI ROBERT DON JUAN – é achar um a super praga, feita por um geneticista louco, que está escondida em algum lugar do planeta, facinho né? A mulher, Sienna Brooks, não fica muito atrás do Robert na questão de cérebro super desenvolvido e sim, ela não vai deixar de nos humilhar com seu QI de Einsten que aos 4 anos já sabia três idiomas, #chorarecalque. :/
Durante todo o livro, enquanto Langdon é perseguido por soldados (precisamos de emoção, né?) e ainda tenta encontrar a tal praga, o assunto da superpopulação vem à tona diversas vezes e partindo do ponto de que Dan Brown se baseia em fatos reais, podemos dizer que a população não tem nem um século de vida. PFVR ATÉ EU SOLTARIA UMA PRAGA POR AÍ n brincs.

“Você mataria metade da população hoje para salvar a nossa espécie da extinção?”

O livro se passa – em sua maior parte – na Itália, que convenhamos, é um dos locais mais lindos do mundo. Enquanto eu lia, ficava pensando comigo mesma que esses livros do Dan deveriam sempre ser ilustrados com as magníficas obras que ele cita. Afinal, parece que o senhor Brown gosta de esfregar na cara da sociedade o quanto ele pode falar e detalhar sobre obras, monumentos e arquiteturas históricas.
Falando em detalhes, é um ponto que em algumas vezes me deixa com vontade de pular alguns parágrafos do livro, Dan Brown curte muito uns detalhes, poderíamos tirar umas 100 páginas do livro de puro detalhamento do pôr do sol ou do paletó Harris Tweed de Langdon. Mas cá entre nós, aos que já leram e até os que ainda vão ler: nunca vi tanta repetição sobre o vídeo da caverna citado no livro, aparece umas 15 vezes, a mesma coisa, sério, pra que, Dan??



De qualquer maneira, tirando repetições, detalhes demais, esfregação de sabedoria no nosso humilde rosto, posso dizer que esse é um livro maravilhoso! Todos os enigmas envoltos no Inferno de Dante e toda a criatividade que Dan Brown tem ao escrever esse livro, merecem palmas. Garanto que as vendas da Divina Comédia cresceram depois que as pessoas leram Inferno de Dan Brown.
Para vocês terem uma pequena noção do sucesso ou apenas da boa escrita nesse último livro, já foi anunciado que o mesmo virará filme! Enquanto isso, O Símbolo Perdido tá lá, ninguém fala dele, tristeza. LOL
No mais, como eu já disse antes, o livro é maravilhoso, a história é envolvente e espere pra ter um final completamente inesperado!!
Espero que com essa resenha enrolada e essa tentativa meio falha de não dar spoilers, vocês tenham sentido vontade de ler a mais nova obra de Dan Brown antes que vá pro cinema, pfvr!


Lembre-se desta noite, pois ela é o início da eternidade.”


P.S.: Você pode ler essa resenha também na segunda edição da Revista Cambalacho News, onde eu faço as resenhas de livros. Dêem uma conferida na revista, ela tá demais! :)


Então é isso pessoal, beijocas!


PROMOÇÃO: 4 Anos de Papers Blood!

novembro 24, 2013 1 Comentário
É isso aí pessoal, o blog, mesmo com tantas idas e vindas conseguiu completar seus 4 aninhos! E mesmo nós fazendo aniversário, quem ganha o presente é você! Sacanagem, viu. haha

Então vamos à listinha de livros sorteados:

Belle - Lesley Pearse
Branca de Neve e o Caçador - Lily Blake; Evan Daugherty; John Lee Hancock; Hossein Amini
Garota Replay - Tammy Luciano


Vocês podem clicar no nome de cada um para ler a resenha! Gostaram dos exemplares que serão sorteados? :3


























O esquema é quase o mesmo que o sorteio anterior:

Teremos 3 ganhadores! 

O primeiro receberá 1 kit (e olha que legal, ele pode escolher qual ele quer ganhar!), o segundo receberá um kit (escolhendo entre os dois restantes) e o terceiro receberá o último kit (não poderá escolher, mas vai continuar ganhando um livro, continua ótimo, não?)

Você pode participar preenchendo o formulário do Rafflecopter abaixo, leia os Terms e Conditions (importante heeen) e é só torcer os dedos!

a Rafflecopter giveaway
Obs.: Não esqueça de compartilhar a imagem: http://on.fb.me/InJjJP
Obs. 2: Aos menores de idade que não conseguem compartilhar em modo público, podem compartilhar "entre amigos"

Imagens Inspiradoras da Semana #1 - White

novembro 23, 2013 Nenhum comentário
Eu como uma viciada em redes sociais, não poderia deixar de ter uma conta no tumblr. Lá eu encontro e reblogo imagens que realmente me fazem suspirar por tanta beleza e acho digno trazer um pouco dessa beleza pra cá. Então sim, é meu primeiro post sobre isso e espero que tenham outros. :)

Lá eu tenho categorias de cor e hoje to trazendo pra vocês todas as imagens inspiradoras da semana relacionadas ao branco. Espero que gostem. :)




























Bruxos e Bruxas - James Patterson

novembro 06, 2013 4 comentários


Opa epa opa, olá! Depois de um sorteio lindjo (calmae, esse mês o blog faz aniversário e outro sorteio será feito! ), cá estou eu pra mais uma resenha!






É como entrar em um pesadelo. Do nada, você é retirado de sua casa, preso, e acusado de bruxaria. Parece século 17, mas é o governo da Nova Ordem, e está acontecendo agora!
Sob a ideologia da Nova Ordem, O Único Que É O Único mantém seu poder à força, sem música, nem internet, nem livros, arte ou beleza. E ter menos de 18 anos já é motivo suficiente para que você seja suspeito de conspiração.
Os irmãos Allgood estão encarcerados nesse pesadelo e, para escapar desse mundo de opressão e medo, terão que contar um com o outro e aprender a usar a magia.
Do autor best-seller James Patterson, Bruxos e Bruxas é uma saga para se ler... antes que seja tarde.




Não sei se vocês viram, mas uma propaganda bem grande em cima desse livro foi feita tanto em livrarias quanto online. Bem, acho digno divulgar o livro, mas como vi tanta propaganda em cima, acho que coloquei expectativa demais e pelo que vi, outras pessoas também. O livro até que é bom, mas talvez pra adolescentes dos 13 aos 16 (se bem que hoje em dia tem menina dessa idade que se acha A A-DUL-TA). Enfim, aqui vamos nós.


Comecei a ler Bruxos e Bruxas faz um mês, sim, é bastante tempo, mas eu estudo, trabalho e faço academia, a vida não tá fácil! E o livro não me agradou tanto e tava lendo Inferno do Dan Brown também, mas a resenha vem depois. weee

Anyway, eu não sei se acho legal ou acho tosco esses autores mais velhos que adotam gírias adolescentes nos diálogos dos seus personagens, vejam bem, tem sempre a possibilidade do velhão achar que a gíria que ele tá usando é maneiríssima, sendo que na verdade, nem usamos isso, sabem? Mas as vezes realmente dá certo, como no caso da Meg Cabot (sou fã mesmo, e daí?), ou pior ainda, pode ser que na hora de traduzir pro português, os tradutores é que tenham estacionado nos anos 70 das gírias adolescentes. vish

Além dessa descolação meio forçada, estilo Malhação, os irmãos Witty e Wisty (tá, olha só, poderiam ter escolhido uns nomes que dessem pra diferenciar melhor quando "abreviados") também não me entraram tanto, na verdade, a história em si não me agradou tanto. É tão corrida e com capítulos tão curtos, além do fato de haver algumas coisas que eu poderia dizer que no mínimo foi "inspirado" em Harry Potter.

Ai, deixa eu dizer algo sobre a Wisty: ela é RUIVA e ODEIA a cor do cabelo dela. De onde já se viu uma pessoa em sã consciência odiar essa cor linda de cabelo?


Muitos fatos se desenrolam no livro, mas muita coisa não ficou esclarecida e espero realmente que na continuação algo melhor surja depois de tantos capítulos corridos, porque tem coisas que você até esquece quando chega no final!

Outra coisa, os nomes alternativos que o autor usa para descrever livros ou filmes que são verdadeiros, me fazem rir e pegar raivinha dele, que parece que quer falar mal, tá, ele tá falando mal, porque olha só como ele chama a versão de Harry Potter no mundo do Witty e da Wisty: Harry Podre e a Ordem dos Idiotas (!!!!!!!!!!!) Gente???


Ponto positivo do livro: tem uma fuinha! Não sei, gente. A história ainda pode ser boa, ainda tenho fé que o segundo livro vai fazer eu esquecer da tristeza que foi o promeiro. Na verdade, talvez eu não falasse tanto se a propaganda não tivesse sido do tamanho do mundo! Pena, né?

Então, infelizmente não foi dessa vez que a coisa andou, o que me deixa triste é que tem livros da Novo Conceito MARAVILHOSOS e que não recebem tanta propaganda quanto esse livrinho ganhou, triste, mas fazer o que. :c

É isso aí galera, espero que não deixem de ler o livro por causa dessa resenha ou deixem, sei lá né LOL, como sempre, essa é minha opinião, tem gente que realmente gosta, então nunca deixe de dar uma chance para o livro!


Beijos, Mari.

Resultado do Sorteio de 4 Livros da Editora Novo Conceito!

outubro 18, 2013 1 Comentário
É isso aí pessoal, depois de muitos probleminhas no servidor do blog, de ter que alongar a data do sorteio e de toda a espera, aqui está o resultado!

Agradeço a todos que participaram e agradeço também a Editora Novo Conceito que nos deu os livros de cortesia!

Então, sem mais delongas, aqui vão o primeiro, segundo e terceiro ganhadores (estão em ordem crescente, viu?):


a Rafflecopter giveaway


Parabéns aos ganhadores! E lembrando, o primeiro ganha dois livros à escolha do ganhador, o segundo escolhe entre os dois restantes e o terceiro ganha o que o segundo não escolheu (ai que confusão haha).

Os vencedores terão até 5 dias para responderem ao meu e-mail, caso não respondam, novo sorteio será realizado.


Mais uma vez, obrigada pela participação de todos e fiquem de olho, que sairão mais livros daqui a pouquinho, afinal, o aniversário do blog tá chegando! :)


Beijos, Mari.

A arte super fofa de Teagan White

outubro 14, 2013 Nenhum comentário
Cá estou eu com mais uma ilustradora linda, a Teagan White (mas vish, só trago mulher LOL).
De qualquer maneira, descobri ela pelo tumblr (oh que ferramenta boa pra divulgar seu trabalho) e me apaixonei pelos seus trabalhos.

Infelizmente, no site dela não se tem muita informação da sua vida, além de que nasceu em Chicago e agora vive em Minnesota. Ela se formou no College of Art e Design de Minneapolis e adora sair por aí fotografando animaizinhos. :3

O que se pode dizer de sua arte é que ela trabalha com ilustração, tipografia e até design gráfico em geral, mas ilustração é o que ela mais faz.

Nos trabalhos dela você pode ver que ela usa a aquarela como técnica principal, além de a fauna e a flora a inspirarem muito.

Anyway, vamos para alguns de seus trabalhos, que é o que interessa! :)













O legal do trabalho da Teagan, é que mesmo utilizando a natureza em praticamente todos os seus trabalhos, ela tem estilos diferentes das ilustrações "normais" pras infantis, é uma mudança bem grande olhando pros dois tipos de desenho e é incrível como ela é ótima nos dois.

Outra coisa ótima da Teagan é que ela é bem acessível, você pode encontrá-la em vários lugares, inclusive site e tumblr ((entrem num deles depois para verem mais trabalhos). No site você vê todas as formas de contato que ela disponibiliza e ela ainda deixa uma mensagem junto ao e-mail dizendo que adoraria conversar, fofa, não?

Espero que tenham gostado e já devem ter notado o quanto eu gosto de ilustrações com traços mais suaves, né? haha

Beijo pessoal, até a próxima!



Coraline - Neil Gaiman na Cambalacho News

setembro 20, 2013 3 comentários

Olá pessoal, antes de tudo, não esqueçam de participar da promoção aqui do Papers, estamos sorteando QUATRO livros, clique AQUI e participe. :)


O Papers ficou fora do ar por uns dias por causa de um problema no servidor, mas aqui estamos de volta, infelizmente (por enquanto) com a url de antes, que contém o blogspot.com! Mas de qualquer maneira, voltamos e isso que importa! :D

Eu trouxe uma resenha um pouco diferente. Uma resenha minha em uma revista independente e em sua primeira edição!

O nome da revista é Cambalacho News, tem uma página no facebook que está sempre trazendo novidades, enquanto a próxima edição não chega. Vocês podem conhecer um pouco mais da revista AQUI.

E ler a minha resenha e as outras matérias (claro), AQUI.
Resenha na página 25. :3

Coraline é um livro que amo demais e por favor, Neil Gaiman é escritor ótimo!

Espero que gostem e fiquem atentos à próxima edição, que também trará resenha minha. :3


Beijos, Mari.

Casamento Disney - A Pequena Sereia

agosto 19, 2013 1 Comentário


Que atire a primeira pedra a garota que nunca quis ser uma princesa Disney! Que não conhece todos, ou a maioria dos contos de fadas e tem sua princesa favorita!

Django Unchained

agosto 02, 2013 1 Comentário



Hello, people!

Primeiramente: não esqueçam de participar do sorteio de 4 livros aqui no blog, clique AQUI para participar.

Cá estou eu pra falar de um filme que vi há pouco tempo, mas que estava na minha lista para assistir desde que saiu o trailer.
Esse é um daqueles filmes que você pensa: PQP, eu devia ter assistido no cinema, nem que eu tivesse ficado individada!
Porque eu gosto muito de ir no cinema, mas nem sempre o dinheiro colabora, então eu fico muito puta da cara quando eu perco de ver um filme e quando o vejo em casa ele realmente É BOM!

Django agrees.




Enfim, Django Unchained é dirigido por Quentin Tarantino, então se você está familiarizado com filmes dele, sabe que ele adora um exagero e sangue pra caramba. Django não podia ser diferente do estilo do moço, né? Mas não chega a ser um Bastardos Inglórios, don’t worry pelo menos eu acho.

Comentário meio aleatório: Eu sou uma pequena fã de filmes de faroeste e notei que ultimamente tá saindo bastante coisa desse estilo em filmes e séries, vocês perceberam?


Django é um escravo liberto cujo passado brutal com seus antigos proprietários leva-o ao encontro do caçador de recompensas alemão Dr. King Schultz. Schultz está em busca dos irmãos assassinos Brittle, e somente Django pode levá-lo a eles. O pouco ortodoxo Schultz compra Django com a promessa de libertá-lo quando tiver capturado os irmãos Brittle, vivos ou mortos.

Ao realizar seu plano, Schultz libera Django, embora os dois homens decidam continuar juntos. Desta vez, Schultz busca os criminosos mais perigosos do sul dos Estados Unidos com a ajuda de Django. Dotado de um notável talento de caçador, Django tem como objetivo principal encontrar e resgatar Broomhilda (Kerry Washington), sua esposa, que ele não vê desde que ela foi adquirida por outros proprietários, há muitos anos.
A busca de Django e Schultz leva-os a Calvin Candie (Leonardo DiCaprio), o dono de "Candyland", uma plantação famosa pelo treinador Ace Woody, que treina os escravos locais para a luta. Ao explorarem o local com identidades falsas, Django e Schultz chamam a atenção de Stephen (Samuel L. Jackson), o escravo de confiança de Candie. Os movimentos dos dois começam a ser traçados, e logo uma perigosa organização fecha o cerco em torno de ambos. Para Django e Schultz conseguirem escapar com Broomhilda, eles terão que escolher entre independência e solidariedade, sacrifício e sobrevivência.

Anyway, nosso personagem principal é, obviamente, Django, interpretado por Kanye West Jamie Foxx que ultimamente tá se saindo melhor como ator do que como cantor, convenhamos, afinal ele estava muito bem no filme. *palmas*

Apesar de ele ser o principal, sou apaixonada pelo Cristoph Waltz (desde Bastardos Inglórios, falando nisso, parceria de Cristoph e Tarantino tá parecendo Johnny Depp e Tim Burton. n).
Waltz interpreta o Doutor Schultz, que de doutor não tem mais nada, afinal ele deixou de ser dentista pra ser um caçador de recompensas.
Ele é a coisa mais ioin linda fofa te amo Waltz LOL um ator muito, muito bom (ele ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por Django e também quando fez Bastardos Inglórios, pfvr né gente) e sempre tento ver filmes com ele porque: sim.


Não dá pra esquecer do Leonardo DiCaprio e do Samuel L. Jackson (gente, eu não reconheci o Jackson, sério). Eles estavam ótimos e escorreu uma lágrima solitária pelo querido DiCaprio por ter interpretado tão bem e mesmo assim não ter sido nem indicado pro Oscar.

Mas Leo nem liga, certo, Leo?



Não dá pra deixar de dar os parabéns também para o restante do elenco (menos a irmã do Candie, puta mulher sonsa LOL).
E também há uma participação especial do Tarantino no filme, vocês vão amar. LOL

A história do filme não é clichê, tirando o fato do Django querer salvar a mulher dele (isso é comum em muitos filmes, né), tem várias reviravoltas, além de que tinha vezes que eu pensava: tá, vai acabar daqui a pouco, mas na verdade ainda tinha muita coisa LOKA pra rolar. O filme me surpreendeu bastante tanto em questão de história (não é a toa que ganhou Oscar de Melhor Roteiro), interpretação, TRILHA SONORA e bem, TUDO. É um filme lindo, amei, pronto, sem mais.
Sou dessas que procura ver o mínimo necessário sobre o filme antes de vê-lo, assim tem mais probabilidade de eu me impressionar. ehe



Deixo um tópico especial pra trilha sonora porque eu simplesmente AMEI. Baixei o OST e viciei, to até querendo gravar uma delas. LOL
Eu recomendo a todos que baixem e pra dar um gostinho, deixo uma das músicas aqui:



Galera, acho que esse foi o post que mais usei parenteses, mas ok.
Espero que assistam e gostem tanto quanto eu! Até mais, red necks! :3

E não se esqueçam:


Mari

Papers Blood sorteia... tchan tchan tchan tchaaan!

julho 18, 2013 3 comentários
E olha o que apareceu! Finalmente o que vocês queriam, não? haha


E o sorteio dessa vez vai ser maior, nada de apenas 1 livro. Que tal 4? Isso mesmo, weee!

Os livros sorteados dessa vez são:

A Casa das Orquídeas

Ladrão de Almas

Starters

Estilhaça-me
 
Vocês podem clicar neles para lerem a resenha de cada um. :)



Todos os livros acompanham kits personalizados, cortesia da nossa Editora parceira: Novo Conceito. :)


Teremos 3 ganhadores

O primeiro receberá 2 kits (e olha que legal, ele pode escolher qual ele quer ganhar!), o segundo receberá um kit (escolhendo entre os dois restantes) e o terceiro receberá o último kit (não poderá escolher, mas vai continuar ganhando um livro, continua ótimo, não?)

Você pode participar preenchendo o formulário do Rafflecopter abaixo, leia os Terms & Conditions (importante heeen) e é só torcer os dedos!
a Rafflecopter giveaway

A promoção vai de hoje (18/07) até 18/09 18/10, pois o blog ficou fora do ar por 1 mês. :/

Participem e boa sorte!

 
Desenvolvido por Michelly Melo.