Foster The People!

abril 30, 2013 1 Comentário
Música, música, música! Como eu amo música!

E melhor que música boa só música com músicos lindos! ashausahsu


Adivinha só qual banda tem tudo isso? FOSTER THE PEOPLE! <3


A banda é formada pelos lindos Mark Foster (teclado, guitarra e vocal), Mark Pontius (bateria) e Cubbie Fink (baixo e vocal de apoio). Esses lindos começaram a tocar juntos em 2009, quando Mark iniciou a banda. Lançaram seu primeiro álbum "Torches", em 2011, cujo primeiro single foi "pumped up kicks", a primeira música que eu escutei deles e que grudou na minha cabeça e me viciou! a minha preferidaa uhuuul

Mas gente! É muuuito boa mesmo! Ó aqui a versão original:




 E a versão ao vivo é simplesmente demais, a energia dos caras é incrível! Curte só:


Quem ouviu, percebeu que os caras tocam um indie rock muito do bacaninha. :)))
Outra que eu adoro, pela melodia, pelos efeitos, pela letra e principalmente pela dancinha do clipe (em 2:02):

Houdini


E pra terminar, além de um bom som, boas letras e ótimas versões ao vivo, os clipes são super divertidos, como esse aqui:
Don't Stop (Color On The Walls)






É isso, pessoal! Vale muito à pena conhecer a banda, eles são muito bons! Fica aí a sugestão! :***






Killian Jones, my dearie!

abril 29, 2013 Nenhum comentário
Olá galera, esse post eu fiz especialmente para o blog Vale a Pena Ver de Perto e trago aqui pra vocês. :)

Estou trazendo meu personagem favorito. Há muitos personagens que amo, mas o que está no topo nesses últimos meses é....TCHAN TCHAN TCHAN TCHAN...



 Killian Jones, vulgo Capitão Gancho da série Once Upon a Time (OUaT). weeeee

A série já era linda, daí apareceu esse homem do mundo dos homens lindos e maravilhosos (masoq) e acabou com a minha vida! haha

Killian Jones é interpretado por Colin O'Donoghue (ele fez o padre do filme O Ritual) que tem 32 aninhos e é casado (poxa :c).

Antes de tudo, vocês conhecem Once Upon a Time? Não? Então dá uma olhadinha nesse post pra continuar lendo aqui!

Hook aparece apenas na segunda temporada, no quarto episódio. Acho que a intenção dos produtores não era fazer dele um personagem fixo na série, mas a aceitação das fãs foi tão grande que agora ninguém mais tira o Hook de Storybrooke! Graçasadeus haha
Veja bem, eu disse que ele era fixo, mas ele não aparece em todos os episódios. :(

Colin consegue ser muito, muuuuuito charmoso na série, não é a toa que toda vez que ele aparece eu e minha amiga suspiramos. cof cof 

O propósito dele é conseguir se vingar do homem que arrancou sua mão. Propositalmente, Hook o chama de Crocodilo, já que na versão original de Peter Pan, é um crocodilo que arranca sua mão.
Não acho bom eu ficar contando nada da história além disso, não quero dar spoiler pra ninguém, só digo que vale a pena assistir tudo pra ver a atuação do Colin, que está impecável!


Diria que a personalidade do Hook é....ué, a personalidade de um pirata! Mulherengo, atraca em cidades para beber e pegar a mulherada, adora saquear, esse tipo de coisa. haha
Acho que deixaram o Hook menos vilão nessa série, ele é um pirata, claro, faz coisas ruins como saquear, duelar e tal, mas ele quer vingança, nem que pra isso ele tenha que fazer coisas terríveis. Por isso digo que se não fosse essa vingança, ele seria um cara normal, até. Isso se você considerar essa gostosura toda normal. LOL

Enfim, Hook é um lindo, gente, OLHA ESSA PISCADINHA!



E ESSAS SOBRANCELHAS!




E PFVR, OLHEM ESSA CARA DE SEDUCTION!



É meio que um sonho querer conhecer o Colin, se ele vier promover OUaT aqui no Brasil, quem sabe né?
Além de que ele toca numa banda chamada The Enemies, se vierem fazer um show no Brasil, ficarei contente. haha

Eu tenho um tumblr que é basicamente feito pro Colin, é de um RPG Online que jogo (saiba o que é RP aqui), lá tem várias fotos e gifs dele, fiquem a vontade se quiserem seguir. :)


Você pode encontrar o Colin no twitter.
E ele tem um site oficial.
IMDB do moço.

É isso pessoal, espero que tenham gostado e que eu tenha pelo menos atiçado a curiosidade de vocês para assistir OUaT e ver essa coisa linda.


Beijos, Mari.

Lista de Desejos #1

abril 18, 2013 4 comentários

Acho digno o blog ter uma sessão de Desejos, afinal, quem não tem vários desejos né?
Também decidi por essa sessão pelo fato de minhas leituras estarem um pouco lentas e ultimamente não vi nenhum filme bom o suficiente para ser resenhavel, já que não quero que o blog fique parado, cá estamos com a Lista de Desejos! :D

Claro que não vou citar uma lista a cada vez que postar, no máximo 2 Desejos por post. :3


O desejo de hoje é: Sapatos Lita, por Jeffrey Campbell.



Sentiu que tem até nome da grife, então só pode ser caro. LOL

Enfim, faz um tempinho que venho desejando esses sapatos nos meus pés pfvr, mas o preço faz eu chorar por dentro. Ainda mais se você for uma universitária, rs.


O Lita é apenas um modelo que amo e quero muito, mas você pode ver outros modelos nos pés de aspirantes a modeletes do lookbook.nu (rsrs) aqui.


Esse é o modelo que eu quero.

Mas vamos ao que interessa, PREÇO!!!

Pesquisando no ShopStyle que é um site que ~acha~ todos os sapatos "possíveis" no mercado, vi a seguinte margem de preço:

De $95 a $265 (uuuuui), em reais isso seria aproximadamente mais caro do que a minha vida  diferente em cada site, mas o mais barato que achei foi de R$220 e o mais caro R$870.

Mas, marmeladamente falando, encontrei um site em que podemos encontrar Litas por R$100! Sim, só não sei se o negócio é confiável ou se são originais, mas aqui está.

Tem também na Aqui Só Não Se Vende a Mãe por R$189.

Clique na imagem para ampliar!

Então pessoal, esse é meu primeiro wish da Lista de Desejos e espero que com esse salário de bolsista eu possa comprar um. haha


Beijos, Mari!




Steampunk

abril 11, 2013 2 comentários
Bill Kaulitz - Adepto do Steampunk
Hoje irei falar sobre moda, estilo e comportamento, conheçam: 
Steampunk 
A nova onda que espero ter vindo para ficar!


Considerado um estilo "Nerd", o termo Steam punk provem da junção das palavras em ingles Steam que significa vapor e punk que significa malvado, entretanto o visual e o estilo de vida dos adeptos do Steampunk não tem nada de mau ou malvado, muito pelo contrário.

O lema do Steampunk é "E se a evolução tecnológica ocorresse mais cedo", mais precisamente na Era da máquina a vapor!


Pulseira - Relógio estilo Steampunk
Além do visual bastante diferente, o movimento considerado retro-futurista dita também um padrão de comportamento. Pode ser entendido como uma "volta ao passado sem abrir mão do conforto da tecnologia atual, regressamos para a sociedade de outrora, onde nos portamos com mais refinamento e educação, o uso de espartilhos em mulheres as deixa mais elegantes e com uma silhueta mais fina, os vestidos e babados dão um tom delicado ao visual. É como se tudo que conhecemos hoje fosse obra do passado, como se vivêssemos no passado com direito aos avanços do agora.".

O grande responsável por eu ter conhecido o movimento Steampunk foi o vocalista da banda Tokio Hotel, Bill Kaulitz que aparentemente é adepto do chamado Steampunk-Aristocrata.

Existe hoje uma vasta gama de filmes, séries, livros e desenhos que são considerados dentro deste estilo, porém foram criados antes da oficialização do termo Steampunk. O movimento começou gradualmente quando os autores começaram a escrever sobre Ficção Científica do século XIX no século XX.


Homens trajados neste estilo 
são muito mais sensuais!
Até mesmo a IBM chegou a sugerir que o Steampunk seria a partir de 2013 a grande onda dos próximos anos! Através de um infográfico onde analisou mais de meio milhão de mensagens on line de várias fontes diversas.

É na data de 21 de Junho que comemora-se o Dia Nacional do Steampunk, sugiro que nos preparemos para comemorar a caráter!!!

Considerado como um subgênero da Ficção Científica, caracteriza-se por vestimentas, acessórios, comportamento e moral e ética inspirados na chamada Era Vitoriana, assim denominada por ambientar-se na Inglaterra do século XIX durante o governo da rainha Vitória.

Colar Steampunk articulado - Asas mexem
Imagine toda a tecnologia que vemos atualmente ocorrendo na época do vapor, vemos então notebooks de madeira e aviões movidos a vapor além de vários objetos feitos de cobre com suas engrenagens a mostra, seria como se a tecnologia mecânica a vapor tivesse evoluído bem mais do que a eletricidade, que neste caso fica em segundo plano! O movimento ainda é contra a produção em série, fazendo com que cada objeto, cada vestuário ou peça seja único e diferenciado!

A literatura internacional foi grande responsável pela invenção e divulgação do estilo, com grandes obras como: "20.000 Léguas Submarinas", "Volta ao Mundo em 80 Dias", "Viagem ao Centro da Terra", todas de Julio Verne, conhecido por utilizar em sua narrativa tecnologias avançadas demais para a época retratada na obra!

Um dos maiores amantes deste gênero aqui no Brasil e também criador do site www.steampunk.com, Emerson Bohrer, afirma: “Estamos perdendo a cultura e a educação, coisas que o movimento (Steampunk) valoriza! Entre nós, não tem essa de mulher melancia ou algo parecido!”.

O jovem historiador G. D. Falksen é um estudioso do comportamento Steampunk. Ele participa de conferências e escreve sobre o estilo de vida dessa tribo em desenvolvimento. Falksen criou um teste que foi aplicado a cerca de 13 mil pessoas e chegou a um resultado bastante curioso.


De acordo com este teste, conseguiu distinguir 
oito categorias dentro do Steampunk:

Aristocrático, Bandido, Cientista, Explorador, 
Oficial, Burguês, Pirata, Trapo.

“Todos veneram os símbolos de poder do Império Britânico, mas isso não significa que aceitem o racismo e o colonialismo. Esse é um movimento mais social do que político” afirma Falksen.

A política não é o foco, mas sim a arte. Autores como Júlio Verne e Arthur Conan Doyle são alguns expoentes. Com seu estilo gótico e romântico, o diretor de cinema Tim Burton e a atriz Helena Bonham Carter também são venerados pela turma.

Ser um Steampunk de vanguarda também é gostar de bons costumes e formalidades. 

Esses retrofuturistas buscam diversões, puras, como chá da tarde com bolos e festas em jardins, bem ao estilo do século 19

“Acho que é punk no sentido de transgredir. De certa maneira, transgredimos a sociedade de hoje quando cultuamos também o passado”, diz Emerson Bohrer.



---------- Conheça mais sobre o Steampunk ----------

Obras Nacionais
“SteamPunk, Histórias de um Passado Extraordinário” (Tarja)
“VaporPunk” (Editora Draco)
“Deus Ex-Machina” (Estronho)
“SteamPink” (Estronho)
“Baronato de Shoa” (Editora Draco)
Obras Internacionais
“A Máquina Diferencial” (pela Aleph)
“SteamPunk Bible” (pela Underworld)
“Boneshaker” (pela Underworld)
“Leviathan” (pela Record)
Quadrinhos
“Lady Mechanica”
“League of Extraordinary Gentlemen”
“The Five Fists Of Science”
“Girl Genius”
Filmes
“Liga Extraordinária”
“Vidocq”
“Sherlock Holmes”
“Van Helsin”
"As Loucas Aventuras de James West"
Este movimento veio para nos recordar de que mesmo com toda a modernidade e o conforto atuais, mesmo com tecnologias avançadas e a liberdade da qual estamos desfrutando, ainda precisamos da elegância, da educação, do refinamento, das raízes,  das coisas simples da vida que fazem a vida valer a pena! 
O Movimento Steampunk veio para revalorizar conceitos que nossa sociedade esta perdendo, valores puros que hoje estão esquecidos!
Assim como a Mari que postou a matéria "Alguém viu os valores que estavam aqui?", milhares de pessoas também sentem falta destes valores antigos, o Steampunk parece ser a solução para todos os saudosos do passado que não pretendem se furtar da modernidade tão duramente conquistada!

Fonte: valeapenaverdeperto.blogspot

E é com grande pesar que venho informar que esta foi minha última matéria neste Blog, devido a falta de tempo, faculdade e trabalho, além de meu outro blog que já não conta mais com moderadoras me deixando sozinha, terei de me ausentar, talvez permanentemente daqui, ou talvez até as próximas férias quem sabe!

A Hospedeira (The Host)

abril 05, 2013 7 comentários




A Terra é ocupada por um inimigo que não pode ser detectado. O ser humano se torna o hospedeiro desses invasores: sua mente é extraída, enquanto o corpo permanece intacto. A nova consciência que o ocupa passa então a conduzir sua vida, que aparentemente prossegue sem alteração.

A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Melanie Strider não. Junto aos poucos remanescentes da nossa espécie, ela vive em segredo. Até, um dia, ser capturada.

Ela seria apenas mais uma vítima, mas não, luta contra seu invasor, Wanderer(Wanda), e o alienígena acaba assumindo grande parte das emoções de sua hospedeira, inclusive o amor por Jared, um dos líderes da resistência formada pelos poucos humanos não atacados.


Na terça-feira dessa semana fui ver A Hospedeira. Muita gente não coloca muita fé no filme por ser baseado num livro de ninguém mais, ninguém menos que: Stephanie Meyer. AISAOHDOIA tadinha

Enfim, eu não li o livro e sinceramente tava indo com a mente ~super aberta~ porque...

Primeiro: É um livro com uma temática super diferente e convenhamos que a Stephanie não escreve mal né, gente. Só cria vampiros fadas.

Segundo: OLHA O ELENCO! Tem a Saoirse Ronan (Melanie Stryder), a Diane Kruger (Seeker) e o Jake Abel (Ian). Viu a lindeza? Não? Então espera aí. Saoirse fez Desejo e Reparação e Hanna, Diane (sua linda, vem me amar!) fez Bastardos Inglórios e A Lenda do Tesouro Perdido(só pra citar dois né, porque se fosse pra citar todos os filmes que ela é conhecida...LOL), Jake fez nada mais, nada menos que o ~semi-vilão~ Luke em Percy Jackson e o Ladrão de Raios. Agora sim você viu o elenco lindo que tá nesse filme, certo?



Claro que há outros atores que estão muito bem no filme, como o Max Irons(Jared) que faz o par ~romântico~ com a Saoirse e o William Hurt (Jeb) que é um lindo e a atuação dele é maravilhosa! Pra mim, foi quem deu mais graça (de rir mesmo, tá?) pro filme!

Enfim, por esses dois pontos eu já tava mais que contente por ver o filme. E não me decepcionei! O filme tem duas horas e pode parecer longo já que é meio parado, mas me cansou pouco. Achei até que conseguiu levar a história muito bem, já que boa parte do filme temos Wanda falando consigo mesma (no caso, com a Melanie, é, bem louco isso aí) e foi nada monótono pra mim. Talvez seja pelo fato de eu já gostar de filmes mais parados, tipo Orgulho e Preconceito (não que isso se encaixe no mesmo contexto, mas é um filme parado anyway).

Eu gostaria de ter lido o livro pra poder fazer um comparativo, mas vi vários comentários no Filmow e vi que a galera tá bem dividida quanto à opinião do filme em geral e estão reclamando mais quanto à adaptação (que é de imaginar).



De qualquer modo, eu não me arrependi de ter gastado minha meia entrada de estudante no cinema! LOL
Sejam felizes e vão sem medo de ser feliz de gastar de se decepcionar de querer abraçar ou dar um soco na tia Stephanie!


Se vocês já viram ou se irão ver logo, venham aqui me dizer o que acharam, ok? :)

Filme no IMDB

Beijos, Mari!

Que lelek lek lek oke!

abril 03, 2013 Nenhum comentário

Praticamente todos que já assistiram a uma abertura de anime ficaram no mínimo tocados pelo ritmo da trilha sonora de abertura ou de encerramento, são todas realmente muito lindas. Músicas de animes, seja ela cantada em japonês  português ou inglês,  é minha paixão, adoro as letras que falam de romances e de um mundo melhor de um jeito descontraído e animado.

Os ritmos e temas variam bastante conforme o gênero do anime, mas são principalmente rock'n'roll pesado como é o caso de Death Note, românticas e melancólicas como em Vampire Knight, e tem até as mais animadas e dançantes como Code Geass!

Agora se a música é cantada em japonês ou inglês não modifica em nada, as vezes é até melhor que não saibamos sobre o que a letra esta falando. Agora para aqueles que gostam de soltar a voz junto com as trilhas, beeeem no meu caso prefiro as músicas japonesas; não sei porque mas me saio melhor cantando este tipo de música.

Selecionei para vocês ouvirem algumas das minhas favoritas, e gostaria de saber de qual delas gostaram mais, deixe um comentário contando sua experiência!

Algumas das melhores músicas de Animês na opinião de Kamnuminas!


Cantor/banda: Kaori Hikita
Música: Michiyuki
Animê: Loveless


Cantor/banda: Kanon Wakeshima
Música: Still Doll
Animê: Vampire Knight

Cantor/banda: Anarchya
Música: Desafios que irei encontrar
Animê: Bucky


Cantor/banda: Che Leal
Música: Soldier Dream versão brasileira
Animê: Cavaleiros do Zodíaco


Cantor/banda: Abingdon Boys School
Música: Innocent Sorrow
Animê: D.Gray Man


Cantor/banda: Sunset Swish
Música: Mosaic Kakera
Animê: Code Geass


Cantor/banda: Nightmare
Música: Alumina
Animê: Death Note


Cantor/banda: Kotani Kinya
Música: Blaze
Animê: Tsubasa chronicles

E então, qual o seu som?
 
Desenvolvido por Michelly Melo.