PROMOÇÃO: 4 Anos de Papers Blood!

novembro 24, 2013 1 Comentário
É isso aí pessoal, o blog, mesmo com tantas idas e vindas conseguiu completar seus 4 aninhos! E mesmo nós fazendo aniversário, quem ganha o presente é você! Sacanagem, viu. haha

Então vamos à listinha de livros sorteados:

Belle - Lesley Pearse
Branca de Neve e o Caçador - Lily Blake; Evan Daugherty; John Lee Hancock; Hossein Amini
Garota Replay - Tammy Luciano


Vocês podem clicar no nome de cada um para ler a resenha! Gostaram dos exemplares que serão sorteados? :3


























O esquema é quase o mesmo que o sorteio anterior:

Teremos 3 ganhadores! 

O primeiro receberá 1 kit (e olha que legal, ele pode escolher qual ele quer ganhar!), o segundo receberá um kit (escolhendo entre os dois restantes) e o terceiro receberá o último kit (não poderá escolher, mas vai continuar ganhando um livro, continua ótimo, não?)

Você pode participar preenchendo o formulário do Rafflecopter abaixo, leia os Terms e Conditions (importante heeen) e é só torcer os dedos!

a Rafflecopter giveaway
Obs.: Não esqueça de compartilhar a imagem: http://on.fb.me/InJjJP
Obs. 2: Aos menores de idade que não conseguem compartilhar em modo público, podem compartilhar "entre amigos"

Imagens Inspiradoras da Semana #1 - White

novembro 23, 2013 Nenhum comentário
Eu como uma viciada em redes sociais, não poderia deixar de ter uma conta no tumblr. Lá eu encontro e reblogo imagens que realmente me fazem suspirar por tanta beleza e acho digno trazer um pouco dessa beleza pra cá. Então sim, é meu primeiro post sobre isso e espero que tenham outros. :)

Lá eu tenho categorias de cor e hoje to trazendo pra vocês todas as imagens inspiradoras da semana relacionadas ao branco. Espero que gostem. :)




























Bruxos e Bruxas - James Patterson

novembro 06, 2013 4 comentários


Opa epa opa, olá! Depois de um sorteio lindjo (calmae, esse mês o blog faz aniversário e outro sorteio será feito! ), cá estou eu pra mais uma resenha!






É como entrar em um pesadelo. Do nada, você é retirado de sua casa, preso, e acusado de bruxaria. Parece século 17, mas é o governo da Nova Ordem, e está acontecendo agora!
Sob a ideologia da Nova Ordem, O Único Que É O Único mantém seu poder à força, sem música, nem internet, nem livros, arte ou beleza. E ter menos de 18 anos já é motivo suficiente para que você seja suspeito de conspiração.
Os irmãos Allgood estão encarcerados nesse pesadelo e, para escapar desse mundo de opressão e medo, terão que contar um com o outro e aprender a usar a magia.
Do autor best-seller James Patterson, Bruxos e Bruxas é uma saga para se ler... antes que seja tarde.




Não sei se vocês viram, mas uma propaganda bem grande em cima desse livro foi feita tanto em livrarias quanto online. Bem, acho digno divulgar o livro, mas como vi tanta propaganda em cima, acho que coloquei expectativa demais e pelo que vi, outras pessoas também. O livro até que é bom, mas talvez pra adolescentes dos 13 aos 16 (se bem que hoje em dia tem menina dessa idade que se acha A A-DUL-TA). Enfim, aqui vamos nós.


Comecei a ler Bruxos e Bruxas faz um mês, sim, é bastante tempo, mas eu estudo, trabalho e faço academia, a vida não tá fácil! E o livro não me agradou tanto e tava lendo Inferno do Dan Brown também, mas a resenha vem depois. weee

Anyway, eu não sei se acho legal ou acho tosco esses autores mais velhos que adotam gírias adolescentes nos diálogos dos seus personagens, vejam bem, tem sempre a possibilidade do velhão achar que a gíria que ele tá usando é maneiríssima, sendo que na verdade, nem usamos isso, sabem? Mas as vezes realmente dá certo, como no caso da Meg Cabot (sou fã mesmo, e daí?), ou pior ainda, pode ser que na hora de traduzir pro português, os tradutores é que tenham estacionado nos anos 70 das gírias adolescentes. vish

Além dessa descolação meio forçada, estilo Malhação, os irmãos Witty e Wisty (tá, olha só, poderiam ter escolhido uns nomes que dessem pra diferenciar melhor quando "abreviados") também não me entraram tanto, na verdade, a história em si não me agradou tanto. É tão corrida e com capítulos tão curtos, além do fato de haver algumas coisas que eu poderia dizer que no mínimo foi "inspirado" em Harry Potter.

Ai, deixa eu dizer algo sobre a Wisty: ela é RUIVA e ODEIA a cor do cabelo dela. De onde já se viu uma pessoa em sã consciência odiar essa cor linda de cabelo?


Muitos fatos se desenrolam no livro, mas muita coisa não ficou esclarecida e espero realmente que na continuação algo melhor surja depois de tantos capítulos corridos, porque tem coisas que você até esquece quando chega no final!

Outra coisa, os nomes alternativos que o autor usa para descrever livros ou filmes que são verdadeiros, me fazem rir e pegar raivinha dele, que parece que quer falar mal, tá, ele tá falando mal, porque olha só como ele chama a versão de Harry Potter no mundo do Witty e da Wisty: Harry Podre e a Ordem dos Idiotas (!!!!!!!!!!!) Gente???


Ponto positivo do livro: tem uma fuinha! Não sei, gente. A história ainda pode ser boa, ainda tenho fé que o segundo livro vai fazer eu esquecer da tristeza que foi o promeiro. Na verdade, talvez eu não falasse tanto se a propaganda não tivesse sido do tamanho do mundo! Pena, né?

Então, infelizmente não foi dessa vez que a coisa andou, o que me deixa triste é que tem livros da Novo Conceito MARAVILHOSOS e que não recebem tanta propaganda quanto esse livrinho ganhou, triste, mas fazer o que. :c

É isso aí galera, espero que não deixem de ler o livro por causa dessa resenha ou deixem, sei lá né LOL, como sempre, essa é minha opinião, tem gente que realmente gosta, então nunca deixe de dar uma chance para o livro!


Beijos, Mari.

 
Desenvolvido por Michelly Melo.